[Música] Anna Calvi

2012 - jan Postado por Bruno Colli Nenhum comentário

Filha de uma britânica e um italiano, Anna Calvi cresceu ouvindo diversos tipos de gêneros musicais, graças ao seu pai, um grande fã de música em geral. Após se formar no colégio, decidiu se graduar em um curso de música, e nessa época formou várias bandas, porém somente ao seguir carreira solo conseguiu êxito em sua carreira.

Calvi foi descoberta por Bill Ryder-Jones, ex-guitarrista da banda The Coral, que insistiu para que Laurence Bell, dono da Domino Records (também responsável por ter lançado os primeiros álbuns de bandas como Franz Ferdinand e Arctic Monkeys), assinase um contrato com ela. Desde então, a cantora ganhou apoio de muitos críticos e músicos respetíaveis, entre elas o aclamadíssimo Nick Cave, que a convidou pessoalmente para participar da tour de sua banda Grinderman, e o famoso produtor Brian Eno, que chegou a afirmar queAnna Calvi é a melhor coisa que surgiu na música desde Patti Smith.

Seu primeiro single, Jezebel, cover de um “pop standard” que ganhou fama nas vozes de Edith Piaf, Charles Aznavour e Gene Vincent, foi lançado em vinil, numa edição limitada, e por essa razão não obteve sucesso comercial, mas foi o suficiente para chamar a atenção da crítica especializada. Seu álbum de estreia, o autointitulado Anna Calvi, foi lançado no início de 2011, e desde então Calvi tem recebido elogios e muitos fãs; no Reino Unido, ela é considerada uma das “next big things” e foi até mesmo indicada para um BBC Sound of 2011. As comparações com outras cantoras são inevitáveis, mas Calvi, que menciona nomes como Nick Cave, David Bowie, Scott Walker, Ravel, Debussy, Nina Simone e Captain Beefheart como suas influências, deve se sentir no mínimo lisonjeada ao ser comparada a PJ Harvey, Kate Bush e Siouxsie Sioux.

Assista a alguns dos videoclipes da artista e conheçam seu ótimo trabalho:

Blackout

Desire

Moulinette (Live)

Jezebel (Live)