Moonflux é um blog de cinema e arte criado por Pietro Milan e Bruno Colli. Nosso intuito é informar e facilitar o acesso a cultura para todos.

 

[Álbum] Animal Collective – Centipede Hz

2012 - set Postado por Valmir 2

O post de hoje é a primeira matéria do novo colaborador Valmir Medeiros no blog. Bem vindo!


Centipede Hz foi o nome dado ao novo álbum do Animal Collective, banda que mistura experimental, psicodélico, freak, indie, noise-pop, folk, rock e mais alguns gêneros. Hz lê-se hertz, aquela unidade de medida de frequência que nos remete, felizmente ou não, aos tempos de colegial. Centipede faz referência àqueles artrópodes compridos e cheios de patas. Podem parecer irrelevantes essas minúcias do título aqui expostas antes da audição do álbum, mas ao final dos longos 55 minutos, a relação que criam faz questão de nos ocorrer. E essa nos é apresentada com a tão criticada capa.

 

[Álbum] Moderat – Moderat

2012 - ago Postado por Caio Rachid 0

O texto de hoje marca a primeira colaboração do Caio Rachid no blog. Seja bem vindo!


O que acontece quando três gênios da música eletrônica decidem se juntar para fazer uma coisa só? No caso de Moderat, a colaboração entre Gernot Bronsert e Sebastian Szary, também conhecidos como Modeselektor, e Sascha Ring, também conhecido como Apparat, resultou em um álbum belo, marcante e harmonioso.

 

[Artista] Nico

2012 - ago Postado por Pietro Milan e Bruno Colli 1

Muitas pessoas acreditam que o movimento dark foi apenas uma das tantas ramificações da explosão do punk no final dos anos setenta. No entanto, o lado obscuro do rock já tinha uma representante muito antes. Seu nome é Christa Päffgen, ou simplesmente Nico. Sempre lembrada como vocalista no álbum de estreia do Velvet Underground, a carreira solo de Nico (que juntamente com os clássicos do período do VU foi sintetizada em uma ótima antologia The Classic Years, em 1998) se revelou igualmente significativa em termo de inovação e importância para a história da música, marcando profundamente a maneira de se conceber o rock. Seus arranjos ásperos e hipnóticos, sua voz profunda e inquietante, sua atmosfera sepulcral, suspensa no tempo representaram uma profunda referência para muitos grupos que surgiram posteriormente, em especial os que se aventuraram na darkwave.

 

[Música] Álbuns interessantes de 2012: Parte III

2012 - ago Postado por Bruno Colli 1

Como é costumeiro no blog, esperamos por alguns lançamentos musicais interessantes do ano, não contando aqueles que fizemos análises maiores em posts separados, para compilá-los em um único post, apresentando os que valem a pena e podem despertar curiosidade. Até agora, 2012 está indo bem em matéria de música.

 

[Álbum] Dead Can Dance – Anastasis

2012 - ago Postado por Pietro Milan 3

Dezesseis anos depois de Spiritchaser, álbum-epitáfio que marcou um percurso genuinamente étnico de uma banda única e inclassificável, Brendan Perry e Lisa Gerrard voltam a brilhar com o Dead Can Dance. É justo e espontâneo perguntar-se o que teria de novo para mostrar uma dupla cujo percurso parecia ser um círculo perfeito, ao ponto de não errar em nenhum disco, evoluindo lentamente de modo tão natural. Para responder a essa pergunta poderia ser suficiente o início de Amnesia, a voz de Perry, intacta e ainda mais profunda, exatamente como a recordávamos com seu álbum solo Ark.