Moonflux é um blog de cinema e arte criado por Pietro Milan e Bruno Colli. Nosso intuito é informar e facilitar o acesso a cultura para todos.

 

[Cinema] Expressionismo Alemão e Nova Objetividade

2013 - set Postado por Pietro Milan 0

Expressionismo. Manifestação da crise de valores, do caos pré e pós bélico e da anarquia. São as velhas teses de uma historiografia gloriosa e empenhada, mas no fundo temerosa pelas contribuições àquela cultura em diversos setores. A música atonal e o célebre Tratado de Harmonia de Arnold Schönberg destruíram com uma fúria iconoclasta a segurança de uma linguagem tonal ultrapassada, dando origem a uma inquietante “terra de ninguém” que até hoje não mais encontrou uma nova, única e universal interpretação. A pintura de Ernst KirchnerOskar Kokoschka e Egon Schiele destruiu para sempre o mito da bela forma impressionista ao deformar a figura humana, distorcendo suas formas e recriando-as através de combinações arbitrárias e visionárias de cores e figuras, além de distorcer verticalmente paisagens urbanas, emblema do caos – prática através da qual, Kirchner, nos anos 1910, antecipou o expressionismo fílmico.

 

[Arte] Käthe Kollwitz

2013 - set Postado por Pietro Milan 0

Käthe Kollwitz (Königsberg, 1867-1945), uma das maiores artistas alemãs, exprime em sua obra, principalmente gráfica, uma dramática critica social. Seus desenhos são dedicados à luta dos trabalhadores e colocam em evidência a grande miséria e o indescritível sofrimento causado pelas guerras. Sua produção se divide em duas fases. Na primeira, a artista manifesta claramente seu espírito revolucionário como confessa em seu diário:

Eu era uma revolucionária, a minha infância, os meus sonhos de juventude eram revoluções e barricadas. – Käthe Kollwitz, Tagebuchblatter und Briefe

E ainda:

Devo dizer que a definição de artista socialista que me acompanha nasceu do fato que muitos desses motivos revolucionários se apresentam espontaneamente no meu trabalho. – Käthe Kollwitz, Tagebuchblatter und Briefe

 

[Artista] Norman Rockwell

2012 - set Postado por Juliana 1

Imagine uma nação de cidadãos patriotas livres da miséria e do medo, livres para falar o que pensam e venerarem quem eles quiserem. Em uma sala simples, as gerações se reúnem para uma abundante ceia de Ação de Graças (Thanksgiving):’ O sonho americano’. “E ninguém, a não ser Rockwell, poderia retratar melhor o que foi imaginado ser ‘The American Dream’.” afirmou Steven Spielberg. Mas a história muda as pessoas e, por consequência, a arte. No início dos anos 60, Rockwell começou a manifestar sua consciência social. Suas imagens, que até então lidavam com a visão utópica do país do ‘Sonho’, começaram a abordar preocupações realistas.

 

[Artista] Kurt Halsey

2010 - mar Postado por Bruno Colli 1

Kurt Halsey Frederiksen é um artista americano de 32 anos. Sua arte, que combina vários elementos como lápis, pincel e nanquim, se destacaram por sua simplicidade e leveza, demonstrando clara timidez e introversão com muita expressividade e charme. Os trabalhos de Halsey retratam sentimentos como tristeza, introversão, depressão, medo, mágoa, e principalmente, amor.